16 de maio de 2011

Ao redor, Ele.



Como podia ser?
Sim era Ele, mas não acreditava.
De uma tamanha imensidão chegando com sua voz em meus ouvidos.
Como sinos que tocam na igreja em noite de quermesse.

Espantado eu olhava para o horizonte.
Eram dezenas de pessoas.
Cada qual em sua sintonia.
Mas ainda espantado não acreditava.

Ele?
Como?
Tão grandioso igual é.
Surgindo para mim de forma tão singela.

Singeleza que causava mudança.
Uma mudança forte de pensamentos e sensações.
Era noite.
Uma luz adentrava meu ser levando meu coração para os céus.

Mas sim, ainda me questionava.
Sendo Ele quem é, porque assim?
De tão simples forma.
Ele falava comigo mesmo através de pessoas.

E estas pessoas como eu.
Ainda buscavam entendimento.
Não importa!
Começava agora a entender a grandiosidade Dele.

Anjos me diziam:
_Enxergue na simplicidade de tudo que te rodeia e Ele lhe falará.

Minha inquietação sumia em meio a lágrimas e sorrisos.
Entendi.
Era Ele.
Ensinando-me que sua grandiosidade encontrava-se nas coisas mais simples.

Ele?
Bem, Ele era Deus.

Deus.

8 comentários:

  1. Pensei q vc falava do show do Ozzy Ousborn...

    ResponderExcluir
  2. Adorei o texto.. muito bonito...
    Parabéns pelo modo tão belo de escrever....

    ResponderExcluir
  3. Leandro, han?

    Se fosse o Ozzy, sua voz chegaria a min como motor velho e mal cuidado! hahahahaha

    ResponderExcluir
  4. Lindo as coisas que diz...
    Me identifiquei muito.
    Parabéns!

    (Também retribuindo que você passou no meu blog anteriormente! Abraços)

    ResponderExcluir
  5. Oh! Muito obrigado pelo elogio, fiquei muito feliz com sua afinidade junto a minhas idéias.

    Apareça sempre! Abraços.

    ResponderExcluir
  6. A Divindade somente se expressa na simplicidade... Sempre lembro de uma única lei que rege o universo inteiro: a lei de amor. Quer mais simplicidade do que isso? Quer coisa melhor do que amar? Isto sim, é a divindade. Com ela, a partir dela e para ela todas as outras leis simples ou complexas fazem sentido. A grandiosidade é coisa para os homens imperfeitos, a simplicidade é coisa divina.

    ResponderExcluir
  7. Muito bom texto, mas sugeriria uma retificação na penúltima linha, uma vez que Ele não apenas "era", mas "é" e sempre "será".

    Às vezes é difícil acreditar na forma simples que Deus se manifesta em nossa vida. Quando pensamos em algo simples, Ele nos mostra que ainda há muita sofisticação e que simples é a maneira pela qual Ele se mostra, cativa e atrai para Si Seus filhos.. Com isso, não é preciso que se criem novos meios para encontrá-Lo. Até mesmo aquilo que já existe ganha nova perspectiva, com uma configuração que é simples e sofisticada ao mesmo tempo. E é por ssa razão que Ele nos disse: "Eis que faço novas todas as coisas..."

    E porque não Ele falar conosco por meio das pessoas? Não somos Sua imagem e semelhança? Acredito que não há forma melhor de encontrarmos Deus se não em meu próximo. E é encontrando Deus no outro que O enxergo em mim mesmo, afinal o outro é apenas um espelho de mim mesmo.

    Tks
    Filipe

    ResponderExcluir
  8. O Filipe, que felicidade você por aqui.

    Sim! Com certeza Ele é e sempre será. Acerca da citação referia-se ao acontecimento daquele momento, ''era Ele ali'', o que não contrapõe sua expressão que Ele esta sempre conosco. (Eu creio piamente nisso).

    Ainda a muito que a humanidade entender sobre fazer nova todas as coisas, seria muito melhor este mundo. Renovar a Fé é transmutar o espírito para uma consciência plena de amor.

    Grande abraço!

    ResponderExcluir