14 de maio de 2011

Havia um lugar

Havia um lugar e era minha mente.
O que se passava lá ninguém sabe.
Certo é que durante a noite avistavam sair dali coisas estranhas.
Muito estranhas!
Coisas coloridas e coisas pretas e brancas.
Nunca ninguém se arriscou a entender o que era.



Seja o primeiro a comentar !!!

Postar um comentário