18 de junho de 2012

(des)ordem

para alguns
viver
é morrer
no sentido poético
do acontecimento






ou não

2 comentários: